domingo, 4 de novembro de 2007

Quem sou eu?!

Quem sou eu?! Quem sou eu?! Não sei! Sei apenas o que dizem que sou.
Não sei quem sou e não sei se quero saber. Hoje estou triste mas, amanhã posso dar pulos de alegria.
Sei que, sem saber quem sou, sou EU... Sou um eu conhecido e desconhecido ao mesmo tempo. Sei o que sou, sei o nome que me foi atribuido, sei o que faço por ser o que sou, mas não sei QUEM sou!
Penso, ás vezes, se chego a ser algo, realmente.
Ser, o principal verbo da língua portuguesa, significa, não apenas isso mas, também, a própria vida e a essência do próprio "ser", cuja minha, eu desconheço.
O desconhecimento do meu próprio eu, torna-me conhecida e desconhecida de mim própria.
Não sei se existo e, se existo, não sei qual a razão da minha existência!

sábado, 29 de setembro de 2007

Sinto saudade... =S

Eu não sei mas gostava de saber porque fazem parte de nós os sentimentos… Sentimentos… de onde vêm?! Como vêm?! Porque existem?! Não sei. Sei apenas que sinto sem o saber!
Sinto tristeza naqueles momentos frios, de puro tédio, em que tudo o que guardo no interior da alma vem à memória, fazendo-me reviver horas felizes. Nestes momentos sinto também, e principalmente, saudade… dolorosa e profunda saudade. Sinto-a porque me fazem imensa falta as pessoas que me marcaram e os momentos que com elas passei.
Sinto saudade...
Sinto saudade daquelas horas inesperadas em que tudo parecia nada e voltava a ser tudo de repente!
Sinto saudade da paródia do dia-a-dia que me fazia sentir bem comigo mesma e com o mundo.
Sinto saudade da felicidade que se apoderava de mim ao ver todos a sorrir a minha volta.
Sinto saudade…
Sinto saudade do que aconteceu, do que acontecia e do preciso que aconteça mas não acontece.
Sinto saudade de ir aqui e ali, simplesmente porque apetecia.
Sinto saudade das tardes passadas a tirar fotografias malucas, mas que ficavam sempre espectaculares.
Sinto saudade…
Sinto saudade das alegrias e das tristezas em que o apoio era mútuo.
Sinto saudade até das pequenas zangas que existiam e de fazer as pazes depois.
Sinto saudade de pedir desculpa por algo que fazia e de agradecer o que faziam por mim.
Sinto saudades… vossas e de tudo o que vocês me proporcionaram!

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

by ME to BEST

Bezinho…
…sei que infelizmente estás de partida mas, na realidade, não vais a lado nenhum porque continuas e sempre continuarás “comigo”. Não sou capaz de exprimir concretamente o que sinto por ti mas acredita que é profundo e nunca vou deixar de sentir.
Estarás sempre em primeiro lugar nos meus planos e nos meus pensamentos.
Não tenho vergonha de dizer que chorei com cada palavra tua…chorei porque me fazes falta, chorei porque preciso de ti e da tua deliciosa companhia, chorei porque sem ti não sou nada e nem quero ser! O amor e carinho que te retribuo é grandioso e eu adoro sentir o que sinto pois sei que, à medida que o tempo for passando, este sentimento irá crescendo cada vez mais.
És um amigo como eu nunca tinha tido e uma pessoa como eu nunca tinha conhecido. Gostei de te conhecer, gostei de saber como és e ADORO o AMIGÃO que tenho ao meu lado! Significas muito para mim e nunca te esquecerei, aconteça o que acontecer!
Espero que estejamos juntos muitas vezes pois não te quero perder por nada!! Quero que toda a saudade que já sinto por ti (e que aumentará) signifique uma intensificação do que existe entre nós.
Não quero que me agradeças nada, tudo o que fiz e continuarei a fazer é porque gosto muito de ti e sei que mereces tudo o que te dou…até acho que é pouco. Podes abraçar.me e olhar.me nos olhos sempre que te apeteça mas sem agradecimentos ;)
Utilizo a tua frase e digo “Tu moras e viajas comigo no cantinho mais aconchegante do meu <3
ADORO.TE MAIS QUE MUITO, ÉS O MEU PEQUERRUCHO!!

by BEST to ME

Andy...

...infelizmente "estou de partida". Como já deves saber, no próx ano vou estudar noutro liceu, mas quero que saibas, de qqr maneira, que por mais palavras q eu use jamais serei capaz de expressar todo o sentimento de carinho e amor q nutro por tii**.
Está a ser difícil acostumar.m c a ideia de ficar longe d tii porraz. Está a ser difícil escrever esta cartinha, pois sempre q penso na distância q nos vai separar os meus olhos enchem.s "de lágrimas".
A amizade é algo myt raro hj em dia. Não a amizade em sii, mas o exercício diário da amizade, a expressão da amizade. Estar junto de tii smp me foi mt agradável e compensador e, quero q saibas, espero q a minha presença junto a ti tenha sido igualmente um factor positivo cm para miim.
Minha AMIGONA do coração: este período d afastamento n vai significar o fim de alguma coiisa, n vai ser suficiente para q eu esqueÇa o carinho com q smp fuii tratado por tii e, da mesma forma, o carinho q sempre dediqueii a tii.
PeÇo.te q me tenhas smpre como 1 amigo verdadeiro e n te esqueÇas nnc q o q vale é o q está dentro de nós; principalmente o respeito ao próximo. Se além do respeito houver tbm amor e carinho, cm acontece entre nós, melhor ainda. É isto q eu sinto em relação a tii... Sentireii saudades, mas estareii smpre em contacto.
Na verdade, a minha vontade era poder curtir plenamente os ultimos momentos da tua carinhosa companhia, agradecer.te pessoalmente por tudo o q me proporcionaste de BOM, abraçando e olhando nos teus olhos...
Vou para "longe", "mts km's" nos vão separar, mas quero q TU saibas q estarás SEMPRE junto a mim. Tu moras e viajas cmg no cantinho mais aconchegante do meu <3!!>

ADORO.TE MONGAAA********

estás aquii <3 xD (xis dê) LOL

segunda-feira, 27 de agosto de 2007

Amigos... =D

A amizade é um sentimento que se vai construindo dia após dia, encaixando, a pouco e pouco, as peças de um enorme puzzle...
Com esforço e dedicação, a amizade vai crescendo ao longo do tempo. Este amor a que damos o nome de amizade é sempre sentido com grande intensidade...
As pessoas que julgam não ter com quem partilhar este sentimento são infelizes mas, na realidade, sabem que há sempre alguám que, no fundo, gosta delas tal e qual como são...
Eu tenho amigos que, pura e simplesmente, ADORO!! Talvez eles não sintam exactamente o mesmo que eu e até, um dia mais tarde, nem nos falemos e nem se lembrem que existo mas, o que sinto e sentirei eternamente por eles é grandioso, profundo, verdadeiro, puro e muito bom!! =P
Quero que saibam o quanto os adoro, o quanto os amo pois sei que, um dia posso querer e não ter oportunidade de lhes dizer... =(
AMO.VOS DO FUNDO DO CORAÇÃO E DA ALMA!!
Penso que sabem quem são e...espero que NUNCA se esqueçam de mim!! =P
Beijo enorme *****

sábado, 21 de julho de 2007

Insubstituíveis...

Acontecem certas e determinadas coisas na vida de uma pessoa que mudam a forma de pensar, de agir e até de falar.O tempo passa e todos vamos mudando com ele continuando, de certa forma, iguais. As pessoas que conhecemos ao longo deste tempo, e a quem habitualmente damos o nome de amigos, perduram na memória e no coração sendo para sempre relembradas com uma mistura de alegria e saudade.
Os amigos fazem-nos mudar um bocadinho todos os dias e a convivência faz-nos ficar muito parecidos com eles, formando-se assim um ciclo.
Ao longo da vida conhecemos novas pessoas, novos amigos mas nunca esquecemos os antigos porque todos eles são diferentes, todos eles são verdadeiramente importantes e especiais e, principalmente, todos eles são insubstituíveis!
ADORO-VOS SINCERAMENTE

quinta-feira, 19 de julho de 2007

Adoro...


Adoro-te quando sorris, embora me apeteça chorar
Adoro-te quando choras, embora me apeteça morrer
Adoro-te quando me dás carinho, embora não o mereça
Adoro-te quando dizes sim e eu quero dizer não
Adoro-te sempre que dizes, tudo bem? Que se passa?
Adoro Adorar-te porque assim sou mais feliz
Adoro-te sempre que me tratas mal, pois é para o meu bem
Adoro o teu feitiozinho que é puro e verdadeiro
Adoro a tua frontalidade linda e sincera
Adoro-te quando estás comigo e acima de tudo quando estás longe
Adoro sempre que me confortas nos momentos mais difíceis
Adoro-te porque simplesmente gostas de mim pelo que sou
Adoro-te quando me fazes chorar porque eu aprendo sempre algo de novo
Adoro-te para além de tudo o que sou ou tudo aquilo que faço
Adoro-te porque estás sempre comigo
Adoro isso porque me sinto de novo com força para mudar de vida
Adoro-te porque a cada minuto que passo contigo é uma experiência nova
Adoro tudo aquilo que assimilo com as nossas conversas
Adoro os nossos "atrofios", pois tiro sempre algum partido de tudo o que dizes
Pura e simplesmente ADORO-TE e nada mais...