quinta-feira, 24 de abril de 2008

Queria...

A tristeza apodera-se de mim! Preciso de uma vida. Preciso de um objectivo. Preciso de ser feliz. Que fiz para não o merecer?!
"Todos têm direito à felicidade!"...não me parece que seja assim.
Preciso sentir que existo e não de pensar "porque acordei?!" todas as manhãs!
Queria ser como o Sol que ilumina todas as vidas...
Queria ser como a Lua que toca no mar carinhosamente...
Queria ser como o Mar que acolhe, feliz, o brilho que a Lua lhe oferece...
Um dia desisto de tudo e parto. Sigo por caminho desconhecido para parte incerta. Parto para não mais voltar. Não levo nada comigo e ando. Ando, sempre em frente, até lhe chegar...até chegar à felicidade.
Ando e, quando estou perto, estico o braço e tento tocar-lhe mas ela foge e não me deixa conquistá-la.
Ás vezes preciso estar sózinha e passeio pela rua observando o mundo que me rodeia... Outras vezes sinto-me sózinha mesmo que esteja rodeada de pessoas...
Não entendo quando estou bem ou mal...
Sinto-me a desaparecer a pouco e pouco.
Não sei quanto tempo mais aguentarei...

Sem comentários:

Enviar um comentário