domingo, 29 de junho de 2008

Tudo faz parte...

Tudo faz parte…no amor, tudo faz parte!
Pequenas e grandes discussões e desavenças por motivos mais ou menos significativos, risos e sorrisos por tudo e por nada, os olhares que podem não significar nada mas que, simultaneamente, significam tudo, beijos e beijinhos a qualquer momento e em qualquer lugar, desconfianças necessárias ou não, ciúmes saudáveis ou doentios…tudo faz parte!
Faz parte a alegria nas alturas agradáveis e a tristeza nas alturas mais desfavorecidas. Faz parte a procura e a chamada de atenção. Faz parte o sofrimento e a felicidade completa. Faz parte o “desculpa” e o “obrigado”. Faz parte o “amo.te” e o “adoro.te”. Tudo faz parte de uma mistura explosiva e gratificante de emoções que, mesmo quando não são totalmente correspondidas, faz, de certa forma, bem a quem as sente…
Seja qual for o tipo ou a intensidade do amor em causa, tudo isto faz parte… Há coisas que não estão directamente à vista mas, com o passar do tempo, tornam.se intensamente reais!

Tudo faz parte...

Sem comentários:

Enviar um comentário