segunda-feira, 1 de setembro de 2014

É assim.

Pronto, já percebi que o F* quer mesmo estar sozinho. Não sei quanto tempo, nem tenho que saber porque não é uma coisa que se contabilize em dias ou semanas. Simplesmente ele está bem assim agora. Está a viver, está alegre. Ainda assim diz que lhe falta algo...que lhe falta sentir-se amado. Mas como pode querer estar sozinho e livre e viver à vontade, fazer o que lhe apetecer e, ao mesmo tempo, sentir-se amado? Quer dizer, sentir que as pessoas, os amigos, gostam dele é uma coisa. Sentir-se amado por uma pessoa (amado mesmo) é outra.
Eu disse-lhe para tentar não afastar constantemente as pessoas porque, por mais que a pessoa o ame, ao sentir-se impelida vai acabar por deixa-lo ir. Não porque deixe de o amar, mas porque quer apenas que ele seja feliz e, se ele não quer ser com ela, então que seja com alguém...
Estarei a pensar de forma errada? Digam-me lá...

1 comentário:

  1. Não estás a pensar de forma errada, pelo menos eu pensaria da mesma forma. Dá-lhe espaço, se é isso que ele precisa, mas não te afastes dele. Dá-lhe espaço apenas no campo amoroso, digamos assim. Continua a ser amiga dele e se ele falar contigo fala também. Vais ver que tudo se vai resolver pelo melhor :) Se precisares de alguma coisa diz!

    http://miscelaneathesecond.blogspot.pt/

    ResponderEliminar