sábado, 29 de agosto de 2015

Custa tanto...

Está a custar tanto, mas tanto ir arrumando as últimas nas malas... Que partida tão custosa. Está mesmo a ser fora normal. Muitas lágrimas, pessoas com quem tenho uma grande ligação a dizerem coisas que me fazem sentir pequenina para tanto sentimento... Tem sido mesmo muito complicado.
Mas, como o que tem que ser tem muita força, segunda-feira já estou de partida porque na terça-feira já começo a trabalhar às 9h. Decidir fazer a viagem mesmo na última hora para passar o maior tempo possível em casa e com as pessoas que me vão fazer tanta falta...

Vou ter que enfrentar isto! E vou conseguir!!!